top of page

Qual moeda levar?

Desde a unificação da moeda, em janeiro de 2022, as mudanças em Cuba têm sido constantes. Os cartões de crédito, por exemplo, que antes não tinham aceitação na ilha, agora, em alguns locais, são a única forma de pagamento disponível. Ficou confuso? Vem que eu te explico!



Por mais estranho que seja, afinal, Cuba vive sob um bloqueio americano há muitos anos, a imagem acima retrata a dupla perfeita pra pagamentos na ilha no momento: Cartão de Crédito e Dólares Americanos! Não, você não leu errado! Se até a unificação da moeda Cuba cobrava uma taxa de 10% para receber o Dólar, hoje a moeda americana está totalmente equiparada ao Euro. Isso significa que ambas as moedas possuem o mesmo valor nas negociações. A diferença, pequena, entre ambas existe apenas nos bancos cubanos. Mas, em geral, é inexistente. Levando isso em consideração, como para nós, brasileiros, o Dólar costuma ser bem mais barato, é a melhor opção.


Isso se deve à taxação dos produtos em Moneda Libremente Convertible - MLC. Ou seja, o valor é exatamente o mesmo para Dólar ou Euro. Se você pagar em papel moeda, poderá escolher a moeda a pagar. Se você realizar pagamento em Cartão de Crédito, o valor será cobrado de acordo com a moeda do seu cartão. Por exemplo: o charuto custa 10. Para nós, brasileiros, a moeda para operações internacionais é o Dólar Americano. Sendo assim, o custo será de 10 Dólares.


Os cartões de crédito estão ganhando, dia após dia, mais espaço em Cuba. Prova disso é que há diversos locais onde eles são, senão a única, a principal forma de pagamento aceita, por exemplo: lojas que vendem charutos e rum, restaurantes do governo, clínicas médicas internacionais e hotéis. Antes de viajar, é preciso conferir se o seu cartão de crédito é aceito em Cuba. Para saber, é preciso consultar se seu banco emissor possui relação com algum banco americano. Caso possua, seu cartão não será aceito, pois os EUA mantém um bloqueio nas operações. Nesse caso, a melhor opção é providenciar um Visa Travel Money que poderá ser emitido na sua casa de câmbio de confiança no Brasil. Ele servirá também para saques (na moeda local), caso você precise realizar.


Pra finalizar, uma sugestão: independente de qual moeda você levar, faça câmbio para moeda local! O Peso Cubano dará à você maior poder de compra e negociação, visto que há muito mais variações de notas que o Dólar e o Euro que, em geral, costumam ser 5, 10, 20, 50 ou 100. E onde trocar? Nas casas de câmbio, conhecidas como Cadeca, nas casas de hospedagem e até mesmo nos restaurantes em que você se sentir seguro. E qual a diferença entre fazer câmbio nas Cadecas ou fora delas? A cotação! Na Cadeca, atualmente, 1 Dólar equivale a 120 Pesos Cubanos. Enquanto nas casas particulares e restaurantes de Havana 1 Dólar equivale a 320 Pesos Cubanos. No interior esse valor pode ser ainda um pouco maior, podendo chegar a 340 Pesos Cubanos por cada Dólar. Aqui vale uma atenção especial: Mas nunca, jamais, faça câmbio nas ruas! Além de ser ilegal, você corre o risco de receber moeda falsa ou sofrer algum tipo de golpe. Sim, Cuba é um país em geral muito seguro, mas, em se tratando de câmbio de moeda na rua, esse tipo de risco infelizmente existe. Ficou com dúvidas? Escreva para gente através de um dos nossos canais de comunicação. Será um prazer auxiliar você! Texto: Raquel Verardi Gehl - MTB 15002 Atualizado em 15 de maio de 2024

Comments


bottom of page