Câmbio no aeroporto? Não mais!

Já comentei diversas vezes sobre a facilidade que Cuba oferecia de fazer câmbio logo na chegada pelo mesmo preço de qualquer casa de câmbio na cidade. Com a unificação da moeda, contudo, isso mudou. Os caixas eletrônicos, oferecidos para fazer câmbio rápido e sem burocracia no aeroporto, continuam existindo. O que mudou foi a valorização da moeda no aeroporto e nas ruas. O famoso câmbio paralelo. Enquanto no câmbio oficial o valor é de 24 Pesos Cubanos para 1 USD ou 28 Pesos Cubanos para 1 Euro, no mercado paralelo esse valor pode quadruplicar!


Sim, você não leu errado! Nos paladares, casas de hospedagem e alguns comércios, você poderá fazer a troca dos seus dólares ou euros por valores bem mais atrativos. Mas, cabe aqui fazer uma ressalva: tome muito cuidado ao trocar dinheiro nas ruas ou em lugares nos quais você não tenha referências. Apesar de Cuba ser um país seguro, há pessoas boas e más em qualquer lugar e, sendo assim, você pode correr o risco de adquirir notas falsas. Na dúvida, procure um local confiável ou recorra às casas de câmbio oficiais.


Fila na casa de câmbio. Cambio de Moneda em Cuba.

Caso você queira fazer câmbio no aeroporto, o processo é bastante simples: seleciona-se na tela a moeda com a qual será feita a conversão, passa-se o passaporte no leitor, digita-se o valor que será trocado e pronto! A máquina inclusive dá troco! Super prático! Se você preferir receber atendimento há duas casas de câmbio no aeroporto, mas prepare-se para enfrentar uma fila como essa que a Patricia Lamounier registrou! Texto: Raquel Verardi Gehl